terça-feira, 13 de setembro de 2011

Tecnovício



Eaí, certinho??


De volta a esse vício chamado internet. Sim, a internet vicia. Aliás, as facilidades tecnológicas viciam. E todo vício te amolece no final, te deixa fraco.


Com a internet não podia ser diferente.


A necessidade de estar conectado é tão grande que supera até a vontade de ter alguém por perto.


Aliás, se bobear, supera até necessidades... mais fortes. Acho que um dia o sexo não vai ter contato físico, só pra evitar o suor e a fadiga.





E como todo vício, a abstinência é dolorosa, cruel. Você passa a sair na rua e ouvir o barulho de alguém te chamando no msn, você sente urgência em postar algo em suas redes sociais, não consegue se concentrar... fora a sensação de solidão, de que todos se divertem conectados e você não.




Você se torna escravo daquilo que não consegue controlar. Se você não consegue ficar um tempo sem usar o computador, celular, ou qualquer traquitana tecnológica sem se sentir mal, você está ficando ou é viciado. Mas todo vício pode ser derrotado com muita luta e persistência. Basta ter atitude.





Tem Facebook? Quer trocar uma ideia? Ou só curtir? Clica AQUI 


E já que está aqui, bem que você podia conhecer meus quadrinhos! Clique AQUI, e os conheça!


É isso, até sexta, tchau.

9 comentários:

  1. HAHAHAHA, esse post foi feito pra mim! HAHAHA Vício eterno de celular, conexão, e olha que ja me sinto uma vitoriosa por deixar o twitter de lado!
    Adorei as tirinhas!

    wans aqui :*

    ResponderExcluir
  2. Esses dias eu vi uma rodinha de amigos, ninguém conversando e todos mexendo no celular. Muito ruim ser assim. Vivem reclamando que eu não largo o celular nem por alguns minutinhos. Minha vontade é largar isso tudo pelo menos por um dia, mas nunca coloco em prática.

    ResponderExcluir
  3. Grande verdade...
    A cada dia estamos mais dependentes dessas drogas tecnológicas.

    Me usando como exemplo (um mau exemplo, claro), fico triste quando não recebo DMs, quando alguém que gosto não entra na net, ando com bloquinho na bolsa para anotar meus pensamentos que 'precisam' ser postados, tiro fotos em todos lugares que vou, só pra compartilhar depois, e tô toda hora entrando no msn pelo celular só para ver como está a movimentação.
    Sintomas de uma dependência tragicamente absurda, que muitas vezes acaba com a vida (real). Por enquanto procuro dividir-me de forma desigual entre a vida real e a virtual, que é muito mais agradável, já que não consigo me socializar tão bem assim na #reallaifi.

    Ótimo post, Bombom!

    bjs

    ResponderExcluir
  4. seu blog é brilhante,, rachei de rir hj a tarde toda! nunk pare ok? abraço

    ResponderExcluir
  5. Não me vejo sem celular por mais de 30 minutos!
    Sem internet fico tristinha!
    Muito bom o post, como sempre!
    Vc é DEMAIS!!
    Tamo junto! Vamo que vamo!!

    ResponderExcluir
  6. Saio sem celular parece que esqueci da roupa, se tiver sem internet então... E quando fico sem internet em casa? parece que me desliguei do mundo.
    Gostei muito do post =)

    ResponderExcluir
  7. Onde está meu celular? Bom tudo na vida tem que ser com moderação, se houver exagero á por que há um desequilibro, na vida tudo que é demais acaba prejudicando. Nos últimos tempos tenho resolvido tanta coisa que não dava para checar meus e-mails, mas não ficava louca por isso, mas é que a vida real está aqui para vivermos. Uma curiosidade: no Japão tem pessoas que se desligam totalmente do mundo real e passam a viver em um mundo só delas, são chamadas de "otakus". Por que isso acontece eu não faço ideia mas nenhum mundo virtual pode substituir a convivência com o mundo de verdade.

    ResponderExcluir
  8. Realmente, vicia e muito!
    Mas acho que sou mais viciada no computador do que na internet huhuashahs

    ResponderExcluir